Notícias

A+
A-

Cezar Miola (TCE-RS) falou sobre Ministério Especial de Contas, Thiers Montebello (TCM-RJ) discorreu sobre o Conselho dos Tribunais e o Ministro Aroldo Cedraz mostrou os caminhos da Governança da Tecnologia da Informação.

25 de novembro de 2011








Encerrando o ciclo de conferencias do Segundo dia
do Fórum dos 40 anos do TCM-BA, o Ministro do Tribunal de Contas da União
(TCU), Aroldo Cedraz, reiterou que a “Governança da
Tecnologia da Informação” só terá êxito se houver conscientização a partir do
controle, argumentando que a gestão da informação utilizada no presente e no
futuro só será eficiente se for executada de forma controlada e monitorada.

O Ministro, ao congratular-se com o Tribunal de
Contas dos Municípios do Estado da Bahia, ressaltou a implementação
do Planejamento Estratégico, sendo um importante instrumento de crescimento e
modernização da Instituição.

No decorrer de sua fala, Cedraz
reconheceu que mais importante que as Instituições, os gestores e os
servidores, está a figura do cidadão que precisa cada
vez mais dos serviços qualificados dos Tribunais, pois somente assim a
sociedade será beneficiada .

Encerrou declarando que “a tecnologia da informação
é o coração das atividades da

 

Instituição”.

CEZAR MIOLA – Em sua conferência, o Conselheiro
Cezar Miola, presidente do TCE-RS, parabenizou o
Tribunal de Contas dos Municípios pelos seus 40 anos de existência, enfatizando
a importância do slogan ‘’40 anos a serviço da cidadania’’.

Miola lembrou
que o Ministério Público Especial de Contas deve atuar sempre ativamente,
representando e requerendo, de forma independente e harmoniosa, junto aos
Tribunais, visando melhor qualificar os processos de fiscalização.

O conferencista encerrou sua palestra dizendo que
‘”o MPEC exerce o importante papel de acompanhar e zelar pelo fiel cumprimento
das decisões dos Tribunais de Contas dos Municípios”.

MONTEBELLO – Na segunda palestra da sexta-feira, o
presidente do TCM-RJ, Conselheiro Thiers Vianna Montebello, discorreu sobre a criação do Conselho Nacional
dos TCM’S, informando que essencialmente esse
Conselho nasce da necessidade do acompanhamento dos componentes dos Tribunais,
prevalecendo o comportamento ético, refletindo-se assim no bom andamento das
atividades do controle externo.

Montebello também congratulou-se com o TCM-BA pelos seus 40 anos de
existência, enfatizando que o investimento constante no corpo técnico é a base
e o futuro das Instituições, que passarão décadas prestando seus serviços tendo
o respeito e o reconhecimento preservados.

Ressaltou a importância do Promoex,
já implantado e em funcionamento no TCM-BA, promovendo a aproximação dos
Conselheiros, Técnicos e jurisdicionados, na busca de um melhor serviço para a
sociedade.

Thiers
finalizou dizendo que “o Conselho dos Tribunais é um instrumento sério e
coerente, visando alcançar o equilíbrio do sistema de controle externo’’.

 

Mais Notícias

* Escolha o município e obtenha informações sobre a sua cidade.

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para o município dos próximos dias. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno