Notícias

A+
A-

Misael Aguilar Silva Júnior também é multado em R$ 5 mil por haver repassado recursos municipais a entidades civis sem prestação de contas.

27 de julho de 2011













O Pleno do Tribunal de
Contas dos Municípios, em sessão desta quarta-feira
(27/07), votou pelo conhecimento e procedência o termo de
ocorrência lavrado contra o ex-prefeito de Juazeiro, Misael
Aguilar Silva Júnior, no exercício de 2007, em
decorrência da não prestação de contas dos
recursos repassados a entidades civis.



O relator imputou uma
multa de R$ 5 mil e ressarcimento no valor de R$ 89.660 aos cofres
municipais. Cabe recurso.



A relatoria identificou
que as entidades receberam repasses de recursos a título de
subvenções sociais, sem a apresentação
das respectivas prestações de contas, em descumprimento
ao que determina a Lei Complementar nº 101/00, foram: A.
Juazeirense D. Físico, R$ 25.060; Associação
Comercial Ind. e Agric. de Juazeiro, R$ 1.200; Associação
de Pais e Professores da Escola Anália Barbosa de Souza R$
30.400; Associação Juazeirense de Deficientes Físicos,
R$ 22.000 e Clube das Mães Guerreiras , R$11.000, totalizando
o montante de R$ 89.660.



A despeito de notificação
regular e de ter comparecido para ter vistas dos autos, deixou o
Gestor transcorrer o prazo que lhe foi assinalado, não
apresentando qualquer manifestação ou defesa acerca dos
fatos articulados.


Íntegra do voto
do relator do termo de ocorrência lavrado na prefeitura de Juazeiro.





Mais Notícias

* Escolha o município e obtenha informações sobre a sua cidade.

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para o município dos próximos dias. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno