Notícias

A+
A-

“Fórum TCM-BA – 40 anos a Serviço da Cidadania” leva grande público ao Salão Xangô nesta quinta-feira. Amanhã também terá várias conferências

24 de novembro de 2011








“Parabenizo ao TCM pela sua importante história,
não esquecendo que viemos de governos ausentes de democracias e de ditadores,
onde as leis eram praticadas pela vontade de seus interesses”, foi como o
Governador Jaques Wagner começou seu discurso na solenidade de abertura das
comemorações dos 40 anos do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da
Bahia, no Salão Xangô do Centro de Convenções.

O “Fórum TCM-BA – 40 anos a Serviço da Cidadania”,
começou nesta quinta-feira (24/11) e termina no primeiro turno de sexta-feira
(25/11), com palestras de importantes conferencistas locais e nacionais.

O governador salientou ainda que o TCM, como grande
esclarecedor aos gestores municipais da LRF – Lei de Responsabilidade Fiscal, tem dado provas de modernização em suas ações, abordando
que “precisamos massificar a LRF para evitar que os municípios gastem
indevidamente, causando descontrole nas contas públicas municipais e este tem
sido um eficiente serviço prestado pelo TCM”.

A abertura dos trabalhos, com o Salão Xangô lotado
de autoridades e servidores do Tribunal de Contas dos Municípios, apresentou
cânticos dos Hinos Nacional e da Independência da
Bahia.

O primeiro discurso, contudo, foi do presidente do
TCM, Conselheiro Paulo Maracajá Pereira, que discorreu sobre a história da
instituição, mostrou as realizações das gestões anteriores e da atual equipe de
trabalho, as dificuldades e os avanços, de forma muito abrangentes,
homenageando todos os segmentos que ajudaram a construir um Tribunal que “para
nossa honra e orgulho, tem merecido o respeito da sociedade baiana e
brasileira”.

O presidente, entre outras ações
do TCM, enalteceu a parceria com o presidente da UPB – União dos Municípios da
Bahia -, prefeito Luiz Carlos Caetano, que, sabendo da posição fiscalizadora de
nossa instituição, foi sempre muito participativo para que pudéssemos realizar
13 Encontros de Capacitação e Orientação com os Gestores Municipais”
, um na
capital e 12 outros em sedes de Inspetorias pelo interior.

Também, falou no início do evento, o
vice-governador Otto Alencar, que por muito tempo exerceu as funções de
Conselheiro do TCM, dizendo que “como já conheço os dois lados, tanto como
conselheiro quanto como atualmente executivo estadual, entendo exatamente as
dificuldades de cada um desses setores”, acrescentando que “não é gosto dos
conselheiros do TCM rejeitarem contas, mas têm que cumprir a Lei”.

Entre os demais presentes na abertura dos trabalhos
estiveram o vice presidente do TCM, Conselheiro
Fernando Vita, o corregedor, Conselheiro Raimundo
Moreira, e os Conselheiros Francisco Netto, José
Alfredo Rocha Dias, Paolo Marconi e Plínio Carneiro Filho.

 

 

 

Também estiveram presentes o
presidente
da Assembléia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo, o prefeito
de Salvador, João Henrique de Barradas Carneiro, o Ministro do TCU – Tribunal
de Contas da União, Aroldo Cedraz, que será o
conferencista de encerramento, mais os palestrantes Cristiano Chaves de Farias
(Promotor de Justiça da Bahia e Assessor Especial do Procurador Geral de
Justiça); Maurício Azêdo (Presidente da Associação
Brasileira de Imprensa – ABI e Conselheiro Aposentado do TCM-RJ); Marta Varela
Silva (Inspetora Geral da 6ª Inspetoria do TCM-RJ); Antônio Joaquim Moraes
Rodrigues Neto (Conselheiro Vice-Presidente do TCE-MT e Vice-Presidente da
ATRICON); José Alfredo Rocha Dias (Conselheiro do TCM-BA); Cezar Miola (Presidente do TCE-RS) e Thiers
Montebello (Presidente do TCM-RJ).

 






Parte superior do
formulário

Parte inferior do
formulário

 

Mais Notícias

* Escolha o município e obtenha informações sobre a sua cidade.

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para o município dos próximos dias. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno