Notícias

A+
A-

O gestor Jarbas Barros nomeou diversos parentes para cargos em comissão no exercício de 2014.

18 de março de 2015

O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quarta-feira (18/03), multou em R$ 2.500,00 o prefeito de Itacaré, Jarbas Barbosa Barros, pela prática de nepotismo com a nomeação de cinco parentes para cargos em comissão no exercício de 2014.

O conselheiro Paolo Marconi, relator do processo, afirmou que a súmula vinculante nº 13 proíbe a nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, da autoridade nomeante, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta em quaisquer dos poderes.

Desta forma, o irmão e o cunhado do prefeito (Gabriel Mota Barros Filho e Miguel Carvalho Quadros), o irmão do vice-prefeito (Luciano Marcelo Mato Grosso Barros) e os sobrinhos da mulher do prefeito (Michelle Mendes Quadros e Kauly Manoel Ducellier Quadros) não poderiam ter sido nomeados para o exercício de cargo em comissão na prefeitura.

Cabe recurso da decisão.

Mais Notícias

* Escolha o município e obtenha informações sobre a sua cidade.

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para o município dos próximos dias. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno