Notícias

A+
A-

Luis Hamilton Júnior não investiu o índice mínimo de 25% em Educação e foi multado em R$36 mil por reincidência no gasto excessivo com pessoal.

12 de agosto de 2014

As contas do ex-prefeito de Laje, Luis Hamilton Couto Júnior, relativas ao exercício de 2012, foram rejeitadas nesta terça feira (12/08) pelo Tribunal de Contas dos Municípios, sendo imputada multa de R$1 mil pelas falhas contidas no parecer e outra de R$36 mil, equivalente a 30% dos seus vencimentos anuais, pela não redução da despesa total com pessoal.

A gestão não cumpriu o índice constitucional de 25% em Educação, investindo o montante de R$13.618.090,99 dos recursos específicos, o que representou apenas 24,86%, motivando a reprovação das contas.

O relatório também registrou o desvio de finalidade na aplicação dos recursos do FUNDEB, devendo o atual gestor promover o ressarcimento da quantia de R$100.947,15 às contas de origem, no prazo de trinta dias.

Ainda cabe recurso da decisão.

Íntegra do voto do relator das contas da Prefeitura de Laje.

Mais Notícias

* Escolha o município e obtenha informações sobre a sua cidade.

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para o município dos próximos dias. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno