Notícias

A+
A-

Presidente do TCM participa de posse de Augusto Aras na chefia do MPF Exportar PDF

02/10/2019

O presidente do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, conselheiro Plínio Carneiro Filho, participou hoje (02/10), em Brasília, da posse de Augusto Aras no cargo de Procurador-Geral da República. O conselheiro, na solenidade, representou a Associação dos Membros do Tribunais de Contas do Brasil – Atricon, e estava acompanhado pelo conselheiro Francisco de Souza Andrade Netto – também do TCM – amigo de Aras, que é baiano da cidade de Euclides da Cunha.

Presentes ainda, o presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Contas do Brasil, conselheiro Edílson de Souza, e o presidente da Abracon – Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios – e do TCM do Rio de Janeiro, conselheiro Thiers Montebello.

Antes de iniciar seu discurso na cerimônia realizada na sede do Ministério Público Federal, diante do presidente da República, Jair Bolsonaro, o novo Procurador-Geral da República, ao saudar as autoridades presentes, Augusto Aras citou os representantes dos tribunais de contas do Brasil. Em sua fala, destacou que “não há um poder do Estado que esteja imune à ação ministerial” do MPF, e que, até por isso, “se exige de seus membros equilíbrio, competência, compreensão e posicionamento firme onde quer que intervenha, respaldado no dever de balizar sua conduta nos estritos limites que lhe foi traçado pelo Poder Constituinte”. Aras ressaltou que a PGR “vai continuar a dar maior ênfase no enfrentamento a todo tipo de criminalidade, da macro ou da micro, esteja em qualquer estrutura ou organização, pública ou privada”.

Ele elogiou a “sensibilidade e experiência política” do presidente Bolsonaro, que sugeriu que a ordem de prioridade do MPF seja o combate intransigente à corrupção. “ Há denominadas operações, especialmente a Lava a Jato – disse – que mobilizam amplos setores da nossa sociedade. E que trouxeram ao conhecimento da nação as práticas condenáveis que estavam ocorrendo no país, fruto de modelos de governança implantados há décadas ou há séculos”. Augusto Aras fez elogios à atuação de Sérgio Moro, como juiz federal, e a procuradores de vários estados envolvidos com a Lava a Jato, que “sempre serão lembrados pela coragem com que desempenharam suas funções”.

Da esquerda para a direita, após a cerimônia de posse, os conselheiros Thiers Montebello, do TCM Rio de Janeiro e presidente da Abracom; o conselheiro do TCM/Ba Francisco de Souza Andrade Netto; sub procuradora Maria das Mercês Aras – esposa de Augusto Aras; o procurador geral da República, Augusto Aras; Edílson de Souza, presidente do Colégios de Presidentes dos TCs; conselheiro Plínio Carneiro Filho, presidente do TCM/Ba; e Robson Wilson, assessor da Presidência do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia.

Mais Notícias

* Escolha o município e obtenha informações sobre a sua cidade.

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para o município dos próximos dias. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno