Notícias

A+
A-

Conselheiro Paulo Maracajá integra mesa e fala no Fórum de Debates sobre Eleições-2012, promovido pela União dos Municípios e Tribunal Regional Eleitoral da Bahia.

23 de janeiro de 2012

















O presidente do Tribunal de Contas dos
Municípios, Conselheiro Paulo Maracajá Pereira,
participou na manhã desta terça-feira (24/01), do Fórum
de Debates “Eleições 2012: Condutas Vedadas e
Outros Aspectos da Legislação Eleitoral”,
promovido pela União dos Municípios da Bahia (UPB),
Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) e Escola Judiciária
Eleitoral da Bahia (EJE-BA).



Na sua palestra, no auditório
Yemanjá do Centro de Convenções da Bahia, o
presidente do TCM-BA, discorreu sobre a importância do evento,
que teve a finalidade de esclarecer os pontos mais representativos do
próximo pleito eleitoral, além de enfatizar o empenho
da UPB, que vem contribuindo de forma decisiva nesta ação
pedagógica, lembrando a recente parceria firmada com o
Tribunal para a realização de 12 Encontros Regionais de
Capacitação e Orientação com os Gestores
Municipais.



O presidente disse que “é
importante que os prefeitos e vereadores candidatos à
reeleição e, de modo geral, todos os postulantes em
2012, sejam esclarecidos de uma conduta sempre legal e adequada”.



Também, elogiou a revista da
UPB deste mês de janeiro, que traz como matéria
principal uma reportagem sobre os 12 Encontros Regionais em parceria
com o TCM, mostrando a eficiência e os resultados positivos
desses eventos sobre as contas públicas dos 417 municípios
da Bahia.



O Fórum desta terça-feira,
realizado no Centro de Convenções da Bahia, pode ser
resumido como uma ação educativa, cujo objetivo foi o
de esclarecer os pontos mais importantes do pleito eleitoral,
reunindo autoridades do Direito Eleitoral do País, Prefeitos,
Vice-Prefeitos e Vereadores, bem como candidatos às eleições
municipais 2012, assessores jurídicos e contábeis.



É um evento que,
conforme explicam os seus ilustres promotores, visa garantir a
legitimidade e lisura do pleito – confirma o presidente do TCM
-, pois foram debatidos temas relevantes da legislação
eleitoral, particularmente aqueles que têm ensejado rejeição
de contas e cassações de mandatos de gestores
municipais”.



Mais Notícias

* Escolha o município e obtenha informações sobre a sua cidade.

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para o município dos próximos dias. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno