Notícias

A+
A-

Edmar Farias autorizou pagamento de R$ 146 mil em apenas cinco meses na compra de materiais de escritório.

9 de julho de 2009














O
Tribunal de Contas dos Municípios, em sessão realizada
nesta quinta-feira (09/07), julgou procedente a denúncia
contra o presidente da Câmara de Pojuca, Edmar Cordara Farias,
pelos gastos excessivos nos processos de aquisição de
cartuchos para impressora nos exercícios de 2007 e 2008. O
relator, conselheiro Paolo Marconi, determinou formulação
de representação ao Ministério Público e
multa no valor de R$ 7 mil.


A
denúncia relata que em setembro de 2007 a câmara gastou
R$ 42.098,50 com a compra de cartuchos para impressora, em dezembro o
gasto foi de R$ 35.755,00 e em fevereiro de 2008 foi de R$ 53.050,00,
totalizando R$ 130.903,50.


A
relatoria avaliou não ser razoável a despesa de R$
146.098,25, conforme relatório da 20ª Inspetoria Regional
de Controle Externo, com a compra de cartuchos e/ou materiais de
escritório apenas para um período de cinco meses, de
setembro de 2007 a fevereiro de 2008, equivalente a 4,33% dos
duodécimos recebidos e 5,02% das despesas realizadas no
exercício.


A
representatividade destes índices, em relação
aos recursos efetivamente repassados pelo Executivo Municipal no
exercício, apontou que os

 

custos dos serviços
acabaram por onerar injustificadamente os cofres municipais.

Íntegra
do voto do relator.
(O voto ficará disponível no portal
após a conferência na sessão seguinte a que foi
relatado).






Mais Notícias

* Escolha o município e obtenha informações sobre a sua cidade.

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para o município dos próximos dias. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno