Notícias

A+
A-

Na coluna “Tempo Presente”, desta segunda-feira (11/04), o jornalista comenta sob o título “Exercício Protelatório”.

11 de abril de 2011





Meu amigo Jean-Claude
















Uma rosnada
fora do tom do secretário João Leão na
entrevista que concedeu a Mário Kertész na Rádio
Metrópole, sexta. Ele jogou por terra toda a argumentação
jurídica do advogado do prefeito João Henrique no
pedido de liminar que suspendeu o julgamento das contas pelo TCM.
Confessou que a estratégia foi unicamente para “ganhar
tempo”. Ou seja: quando um político não vê
saída para as encrencas que provoca na administração,
consegue uma liminar. E a Justiça se presta a esse tipo de
expediente. Pelo que se fala nos bastidores o “tempo”
necessitado por Leão é para conseguir “convencer”
os 28 vereadores que o prefeito precisa na Câmara Municipal
para derrubar o parecer do TCM e livrar João Henrique da
inelegibilidade por oito anos. O número de edis dispostos a
votar com o prefeito já teria chegado a 26”.






Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

29/11/2021
Ex-prefeito de Mairi sofre representação ao MPE
Na sessão desta terça-feira (30/11), realizada por meio eletrônico, os conselheiros do...[leia mais]
25/11/2021
Nordeste apresenta índices preocupantes sobre evasão escolar
Estudo sobre a Educação durante a pandemia, evidenciou as desigualdades regionais que...[leia mais]
24/11/2021
Prefeita de Sento Sé sofre representação ao MPE
Na sessão desta quinta-feira (25/11), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
23/11/2021
Webinário analisa estudo sobre “Permanência Escolar na Pandemia”
O Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), o Interdisciplinaridade e...[leia mais]