Notícias Canto do título

A+
A-

Conselheiro Raimundo Moreira se aposenta do TCM e é homenageado

19 de maio de 2022

O conselheiro Raimundo Moreira participou nesta quinta-feira (19/05) de sua última sessão no plenário do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia. O conselheiro completa 75 anos no próximo dia 26 e, por força legal, após 22 anos de trabalhos no TCM, se aposenta compulsoriamente. Toda a sessão foi marcada por homenagens a Raimundo Moreira, que teve lembrada sua trajetória de 54 anos como servidor público estadual.

O presidente do TCM, conselheiro Plínio Carneiro Filho, disse que Raimundo Moreira deixou sua marca na Corte, onde foi ouvidor, corregedor e exerceu a presidência em dois mandatos – entre os anos de 2005 e 2009. Afirmou que, com ele “o TCM deu um salto na informatização de seus processos de trabalho e incorporou ferramentas tecnológicas que agilizaram e deram maior segurança ao processo de análise e fiscalização das contas públicas municipais”.

Destacou que na sua gestão incentivou as ações pedagógicas do TCM para a qualificação dos gestores municipais e estabeleceu convênios de cooperação técnica com outras instituições responsáveis pelo Controle Externo da administração pública. E as prefeituras “foram instadas a implantar um órgão de Controle Interno – providência constitucional fundamental para evitar desvios, desperdícios e impor a observância das leis e normas administrativas”.

Ainda na sua administração à frente do TCM – lembrou o conselheiro Plínio Carneiro – foi implantado o Sistema Integrado de Gestão e Auditoria, o SIGA, até hoje uma ferramenta tecnológica essencial para o acompanhamento da gestão financeira dos municípios e para a análise e fiscalização das contas anuais das prefeituras, câmaras e entidades descentralizadas

Ressaltou que ao longo dos 54 anos como servidor do Estado da Bahia, Raimundo Moreira foi presidente da Companhia de Desenvolvimento Metropolitano (Conder); presidente do Banco de Desenvolvimento da Bahia (Desenbanco) e secretário de Estado da Casa Civil.

Mestre em Planejamento – observou Plínio Carneiro – “faz parte da primeira equipe de técnicos em planejamento selecionada pelo então jovem Mário Kertész, que na década de 1970 criou a Secretaria Estadual de Planejamento, Ciências e Tecnologia. Esta geração, comprometida em elaborar políticas de desenvolvimento para a Bahia e o Nordeste, acabou ocupando posições e cargos de destaque na administração da Bahia e do Brasil nos anos seguintes, a exemplo de Raimundo Moreira”.

Hoje – disse o presidente ao encerrar seu discurso – Raimundo Moreira encerra este ciclo. E com a cabeça erguida. Foi um notável servidor público por sua dedicação, competência e responsabilidade. Que sua trajetória sirva de exemplo. Em nome deste Tribunal de Contas – conselheiro Raimundo Moreira – o homenageio e agradeço”.

Todos os conselheiros presentes à sessão fizeram questão de reverenciar o trabalho desenvolvido pelo conselheiro no TCM e ao longo de sua vida pública – e ressaltar seu caráter, sua cordialidade no trato, sua competência e a amizade.

O conselheiro decano, José Alfredo Rocha Dias, lembrou dos seus primeiros anos, como assessor no governo de Luiz Viana Filho junto à Sudene; Fernando Vita seu trabalho na equipe do então secretário de Planejamento Mário Kertész; Mário Negromonte destacou sua competência – que o levou a ocupar cargo fundamental na estrutura do governo, a chefia da Casa Civil; Francisco de Souza Andrade Netto, sua contribuição para o desenvolvimento da Bahia, como auxiliar do governador Antonio Carlos Magalhães; e Nelson Pellegrino sua formação profissional, os estudos no Cepal e a preocupação com o desenvolvimento social do estado. A procuradora Aline de Rego Rio Branco destacou a competência e rigor técnico na análise e elaboração dos votos nos processos.

Ao agradecer as manifestações de carinho e respeito por seu trabalho ao longo dos anos, Raimundo Moreira, muito emocionado, fez um relato de sua vida, desde a infância, em Mairi, cidade do sertão, situada no Centro Norte baiano. Fez um agradecimento especial ao conselheiro – já falecido – Clemenceau Teixeira, que conseguiu uma bolsa para que ele estudasse no Colégio Antônio Vieira – quando chegou a Salvador.

Lembrou que começou a sua vida profissional como estagiário de Eliana Kértesz no governo do estado (que depois se consagrou como artista plástica) – através de quem conheceu Mário Kertész, que o levou para a Secretaria de Planejamento e o indicou para a presidência da Conder.

Raimundo Moreira citou todos os conselheiros com os quais conviveu no TCM, como João Lessa Ribeiro, Plínio Carneiro (pai do atual presidente da Corte), Paulo Maracajá e Paolo Marconi e agradeceu também a todos os servidores, especialmente aqueles com as quais mais conviveu, os assessores do gabinete.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

06/07/2022
Prefeito e pregoeira de Ilhéus são punidos pelo TCM
Na sessão desta quinta-feira (07/07), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia maisPrefeito e pregoeira de Ilhéus são punidos pelo...]
06/07/2022
Auditoria aponta excesso de comissionados na Câmara de Lauro de Freitas
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia consideraram procedentes as...[leia maisAuditoria aponta excesso de comissionados na Câmara de Lauro de...]
06/07/2022
Prefeitura de Várzea do Poço tem contas aprovadas
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta quinta-feira (07/07),...[leia maisPrefeitura de Várzea do Poço tem contas...]
05/07/2022
TCM divulga duas Súmulas para orientar gestores municipais
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia aprovou duas novas Súmulas com o objetivo de...[leia maisTCM divulga duas Súmulas para orientar gestores...]