Notícias Canto do título

A+
A-

Gestor Ivaildo Vieira Brito comprovou pagamento de multa imposta pelo Tribunal, que havia motivado a rejeição no parecer inicial.

4 de março de 2010














O
Tribunal de Contas dos Municípios decidiu, nesta quinta-feira
(04/03) acatar o pedido de reconsideração em relação
às contas de 2008 da Câmara de Matina, alterando o
parecer inicial de rejeição para aprovação
com ressalvas.


O
relator do processo, conselheiro Fernando Vita, deu provimento
parcial às alegações do gestor, Ivaildo Vieira
Brito, que apresentou comprovante de recolhimento da
multa de R$ 1.500,00 aplicada no exercício precedente, que
servira de embasamento para a rejeição das contas.


Quanto
às demais irregularidades no relatório anual, ainda que
as alegações apresentadas não sejam suficientes
para dar suporte às modificações pretendidas
pelo gestor, estas não motivam a rejeição da
prestação de contas”, concluiu o relator
,
que determinou a aplicação de uma nova multa, no valor de R$ 800.






Íntegra
do voto do relator.
(O voto ficará disponível no portal
após a conferência.)







Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

09/08/2022
Contas de 2021 de oito câmaras municipais são aprovadas
Os conselheiros que compõem a 2ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia aprovaram...[leia maisContas de 2021 de oito câmaras municipais são...]
08/08/2022
Conselheiro Nelson Pellegrino chefia comissão da Atricon no Pará
                                                               ...[leia maisConselheiro Nelson Pellegrino chefia comissão da Atricon no...]
07/08/2022
Seminário vai discutir recursos destinados à Educação
Os Tribunais de Contas do Estado da Bahia (TCE/Ba) e dos Municípios do Estado da Bahia (TCM-Ba)...[leia maisSeminário vai discutir recursos destinados à...]
07/08/2022
Tribunais de Contas começam a ser avaliados
O Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE) e o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM)...[leia maisTribunais de Contas começam a ser...]