Notícias

A+
A-

Gestores são multados em R$ 500,00 por pagamentos de despesas com multas e juros.

6 de junho de 2012

















Na
sessão desta terça-feira (05/06), o Tribunal de Contas
dos Municípios aprovou com ressalvas as contas da
Fundação
Gregório de Mattos – FGM
,
Salvador, sob a responsabilidade de Antônio Fernando Lins de
Albuquerque, Carlos Ribeiro Soares e Ipojucã Cabral Brito,
referente ao exercício de 2010.



O relator, conselheiro substituto
Antônio Carlos da Silva, aplicou multas de R$ 500,00 em cada
um dos gestores.



Segundo relatório
técnico, a Fundação apresentou um balanço
orçamentário com uma arrecadação no
importe de R$ 125.964,47, representando aproximadamente 6,21% do
previsto. Em confronto com as despesas realizadas no montante de R$
4.374.865,94, ficou configurado um
déficit
orçamentário
da quantia de R$ 2.343.865,94.



Foram apresentados ainda abertura de
créditos suplementares através de decretos no valor
de
R$
2.521.750,00
e
por anulações no total de
R$
2.514.750,00
.



O relatório
ainda destacou a realização de despesas com multas e
juros por atrasos no adimplemento das obrigações
legais, no total de R$ 8.240,19.


Íntegra
do voto
das contas da Fundação Gregório de Matos – FMG.



Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

25/11/2021
Nordeste apresenta índices preocupantes sobre evasão escolar
Estudo sobre a Educação durante a pandemia, evidenciou as desigualdades regionais que...[leia mais]
24/11/2021
Prefeita de Sento Sé sofre representação ao MPE
Na sessão desta quinta-feira (25/11), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
23/11/2021
Webinário analisa estudo sobre “Permanência Escolar na Pandemia”
O Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), o Interdisciplinaridade e...[leia mais]
23/11/2021
Câmara de Paulo Afonso e de outros 19 municípios têm contas aprovadas
Os conselheiros e auditores da 1ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia...[leia mais]