Notícias

A+
A-

No recurso, o gestor Roque Santos descaracterizou a irregularidade que motivou a rejeição inicial das contas.

11 de março de 2015

O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quarta-feira (11/03), aprovou com ressalvas as contas da Prefeitura de Muritiba, da responsabilidade de Roque Luiz Dias Santos, relativas ao exercício de 2013, após conceder provimento parcial ao pedido de reconsideração que contestou opinativo inicial pela rejeição. A multa de R$ 5 mil foi reduzida para R$ 3 mil e o relator do parecer, conselheiro Raimundo Moreira, determinou a exclusão do ressarcimento na importância de R$ 17.967,72, tendo em vista a apresentação dos comprovantes de despesas.

No recurso, o prefeito apresentou os processos de inexigibilidade reclamados, no montante total de R$ 1.236.000,00, com indicativo de tramitação na 3ª Inspetoria Regional de Controle Externo.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

25/11/2021
Nordeste apresenta índices preocupantes sobre evasão escolar
Estudo sobre a Educação durante a pandemia, evidenciou as desigualdades regionais que...[leia mais]
24/11/2021
Prefeita de Sento Sé sofre representação ao MPE
Na sessão desta quinta-feira (25/11), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
23/11/2021
Webinário analisa estudo sobre “Permanência Escolar na Pandemia”
O Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), o Interdisciplinaridade e...[leia mais]
23/11/2021
Câmara de Paulo Afonso e de outros 19 municípios têm contas aprovadas
Os conselheiros e auditores da 1ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia...[leia mais]