Notícias

A+
A-

A relatoria constatou diversas irregularidades nas contas do prefeito Joelson das Virgens, que será denunciado ao MP.

26 de novembro de 2014

Nesta quarta-feira (26/11), o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas da Prefeitura de Saubara, da responsabilidade de Joelson Silva das Virgens, relativas ao exercício de 2013, sendo determinada a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o gestor pelas irregularidades contidas no relatório anual.

O relator do parecer, conselheiro Fernando Vita, aplicou multa de R$ 30 mil e determinou a restituição aos cofres municipais da quantia de R$ 367.469,65, com recursos pessoais, em razão da saída de numerário da conta específica do Fep/Royalties sem documentação de despesa (R$ 294.739,68), apresentação de nota fiscal em cópia (R$ 44.792.41), processos de pagamento não encaminhados à IRCE (R$ 10.055,00), casos de ausência de comprovação de despesa (R$ 9.062,43), despesas com juros e multa por atraso no pagamento (R$ 4.486,13) e casos de ausência de nota fiscal (R$ 4.334,00).

As contas foram consideradas irregulares pela abertura de crédito adicional especial sem prévia autorização legislativa e de crédito adicional suplementar por excesso de arrecadação sem comprovação da existência dos recursos correspondentes. Além disso, foram constatados casos de processos licitatórios não encaminhados, no montante de R$ 726.624,41, de processos de dispensa e/ou inexigibilidade não encaminhados, totalizando R$ 122.562,19, e de fragmentação da despesa, caracterizando fuga ao procedimento licitatório, na quantia de R$ 14.791,70.

O gestor também não cumpriu o percentual mínimo de 25% exigido para o investimento na área da educação, aplicando apenas R$ 6.443.950,66 na manutenção e desenvolvimento do ensino, equivalente a 24,26%. Em relação aos recursos do Fundeb, foram aplicados R$3.147.189,35 na remuneração dos profissionais do magistério, correspondendo a 54,54%, quando o mínimo necessário é de 60%.

Legislativo – Na mesma sessão, o TCM aprovou com ressalvas ao contas do presidente da Câmara de Saubara, Gecivaldo de Jesus Rocha, aplicando multa de R$ 1.300,00 ao gestor, em face de gastos considerados elevados e descabidos com contas telefônicas para ligações internacionais.

Cabe recurso da decisão.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

05/12/2021
TCM promove IV Encontro Técnico de Controle Externo
Auditores estaduais e demais profissionais que compõem o corpo técnico do Tribunal de Contas dos...[leia mais]
05/12/2021
Auditora do TCM participa de live sobre o “novo Fundeb”
A auditora de controle externo do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, Karina Menezes...[leia mais]
05/12/2021
Diretoria do TCM divulga estudo sobre “critérios de julgamento” nas licitações
A Diretoria de Assistência aos Municípios – DAM, do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
02/12/2021
TCM promove sorteio prévio para processos referentes a 2022
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia realizou, na sessão dessa quinta-feira (02/12), o...[leia mais]