Notícias Canto do título

A+
A-

O prefeito José Eduardo Mendonça de Alencar conseguiu descaracterizar as irregularidades que ensejaram a rejeição de suas contas de 2012, obtendo provimento parcial do TCM, sendo mantida apenas uma multa de R$ 5.000,00, mas eliminados os ressarcimentos de R$ 69.178,78 e R$ 3.457,21.

25 de fevereiro de 2014

 

Na sessão desta terça-feira (25/02), os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios votaram pelo provimento parcial do pedido de reconsideração das contas da Prefeitura de Simões Filho, exercício de 2012, inicialmente reprovadas, sob a responsabilidade de José Eduardo Mendonça de Alencar.

O Conselheiro José Alfredo Rocha Dias, relator do processo, determinou a expedição de um novo parecer, agora pela aprovação com ressalvas, mantendo o valor da multa imposta, na quantia de R$ 5.000,00, eliminando-se as determinações de ressarcimento ao erário, com recursos pessoais, das quantias de R$ 69.178,78 e R$ 3.457,21.

Na sua defesa, o gestor apresentou vastos argumentos e larga documentação de suporte, destacando-se, com êxito, a contestação e comprovações atinentes ao apontado descumprimento do artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal, razão principal das conclusões que resultaram na rejeição inicial de suas contas.

O prefeito descaracterizou ainda várias falhas e irregularidades, demonstrando ter cumprido os limites constitucionais e legais atinentes à educação, saúde e FUNDEB, além de acertos outros, logrando reverter a conclusão.

No que concerne à falha apontada por realização de gastos elevados com locação de veículos e aquisição de combustíveis, os esclarecimentos produzidos, apesar de tecnicamente bem postos, não descaracterizaram integralmente os questionamentos apresentados pela Regional da Corte.

A relatoria recomenda que o controle interno da municipalidade adote providências que comprovem, sistematicamente, que ditas despesas observam, rigorosamente, os princípios constitucionais regedores da Administração Pública, devendo ser imediatamente implantados mecanismos de controle capazes de revelar, em cada processo de pagamento, que o gasto atendeu ao interesse público.

Íntegra do voto do pedido de reconsideração da Prefeitura de Simões Filho.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

22/09/2022
Novo estudo da DAM orienta sobre o encerramento do processo licitatório
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, através da sua Diretoria de Assistência aos...[leia maisNovo estudo da DAM orienta sobre o encerramento do processo...]
21/09/2022
Carta Compromisso marca Encontro de Corregedorias e Ouvidorias dos TCs
Com objetivo de promover intercâmbio de boas práticas na busca do aprimoramento e o...[leia maisCarta Compromisso marca Encontro de Corregedorias e Ouvidorias dos...]
21/09/2022
Auditoria avalia investimentos em educação em Santa Cruz Cabrália
Na sessão desta quinta-feira (22/09), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios...[leia maisAuditoria avalia investimentos em educação em Santa Cruz...]
21/09/2022
Ex-secretário de Saúde de Seabra sofre punição
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, na sessão desta quinta-feira...[leia maisEx-secretário de Saúde de Seabra sofre...]