Notícias

A+
A-

O ex-gestor teve representação encaminhada ao MP em face das irregularidades cometidas.

19 de maio de 2011















Na sessão desta quinta-feira
(19/05), o Tribunal de Contas dos Municípios julgou procedente
o termo de ocorrência lavrado contra o ex-prefeito de Alcobaça,
Jakson Lacerda Santos, pelo cometimento de irregularidades no
exercício de 2008.



A relatoria aplicou multa no valor
de R$ 6 mil e determinou a formulação de representação
ao Ministério Público Estadual. Cabe recurso da
decisão.



A denúncia
registrou a
realização de despesas
no expressivo montante de
R$ 400.060,67,
com a aquisição de medicamentos, material de limpeza,
peças para veículos e produtos de informática
sem a realização dos necessários certames
licitatórios e de forma fracionada.



O ex-prefeito não apresentou
nenhuma justificativa sobre os fatos apontados, deixando o processo
correr à revelia.



Íntegra do voto do relator do
termo de ocorrência lavrado na Prefeitura de Alcobaça.
(O voto ficará disponível após conferência).











Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

19/01/2022
TCM retoma contagem dos prazos processuais nesta sexta (21)
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia restabelece, nesta sexta-feira (21/01), a fluência...[leia mais]
13/01/2022
Diretoria do TCM divulga novo estudo sobre a lei de licitações
A Diretoria de Assistência aos Municípios – DAM, do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
10/01/2022
TCM passa a exigir comprovante de vacinação para acesso às suas dependências
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia passará a exigir, a partir do dia 17 de janeiro, a...[leia mais]
06/01/2022
Suspensão do prazo para remessa das contas mensais se encerra hoje
Se encerra nesta sexta-feira (07/01) a suspensão do prazo em função do recesso provocado pelas...[leia mais]