Notícias

A+
A-

Dilson Santiago é multado em R$ 500,00 e o atual prefeito, Manoel Pedro Soares, terá que ressarcir R$ 1.212,568,59 à conta específica.

2 de maio de 2012

















O Tribunal de Contas dos
Municípios, nesta quarta-feira (02/05), votou pela procedência
do termo de ocorrência lavrado contra o ex-prefeito de Itamaraju, Dilson Batista Santiago, por irregularidade na aplicação
dos recursos do FUNDEB, no exercício de 2010.



O
relator, Conselheiro Paolo Marconi, multou o gestor em R$ 500,00, em
decorrência da realização de despesas de
R$
1.212.569,59
com
recursos do FUNDEB em desvio de finalidade, determinando ainda ao
atual prefeito, Manoel Pedro Rodrigues Soares, o ressarcimento desse
montante, com recursos municipais, à conta específica
do FUNDEB, a ser recolhido em 10 parcelas iguais, sob pena de lhe
ser imputada a responsabilidade, por estarem essas despesas
incompatíveis com a legislação.



Íntegra do voto do
relator do termo de ocorrência lavrado na Prefeitura de
Itamaraju. (O voto ficará disponível após
conferência).







Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

15/05/2022
Assessoria jurídica do TCM divulga nova edição do “Compêndio Jurídico”
A Assessoria Jurídica do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia publicou, nesta segunda-feira...[leia mais]
11/05/2022
Contas de Dias D’Ávila e de outros três municípios são aprovadas
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta quinta-feira (12/05),...[leia mais]
11/05/2022
Contas das Prefeituras de Esplanada e Gongogi são reprovadas
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia emitiram, na sessão desta...[leia mais]
10/05/2022
Prorrogado prazo de coleta de informações sobre o Controle Interno
O Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci) decidiu prorrogar até o dia 15 de maio, o prazo...[leia mais]