Notícias

A+
A-

O gestor Elpídio Paiva Luz deve ressarcir ao erário o total de R$ 12.765,56, com recursos pessoais, e pagar multa de R$ 5 mil.

17 de abril de 2013





O Tribunal de Contas dos Municípios

O
Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta quarta-feira (17/04), votou
pela procedência do termo de ocorrência lavrado na Prefeitura de Jussiape,
na gestão de Elpídio Paiva Luz, por irregularidades resultantes da saída de
numerários de contas correntes sem os documentos de despesa correspondentes, no
total de R$ 12.765,56, da contratação de empresa irregular para a prestação
de serviços musicais sem licitação, no montante de R$ 75 mil, e da ausência
de notas fiscais eletrônicas em processos de pagamento, no exercício de 2007.

A
relatoria determinou o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$
12.765,56, com recursos próprios do gestor, além de aplicar multa no valor de
R$ 5 mil. Ainda cabe recurso da decisão.

Convocado
a prestar esclarecimentos sobre os fatos apontados, o ex-prefeito preferiu não
se manifestar, deixando o processo ser relatado e julgado nas condições em que
se encontra.

Íntegra
do voto
do relator do termo de ocorrência lavrado na Prefeitura de
Jussiape.

 

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

29/11/2021
Ex-prefeito de Mairi sofre representação ao MPE
Na sessão desta terça-feira (30/11), realizada por meio eletrônico, os conselheiros do...[leia mais]
25/11/2021
Nordeste apresenta índices preocupantes sobre evasão escolar
Estudo sobre a Educação durante a pandemia, evidenciou as desigualdades regionais que...[leia mais]
24/11/2021
Prefeita de Sento Sé sofre representação ao MPE
Na sessão desta quinta-feira (25/11), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
23/11/2021
Webinário analisa estudo sobre “Permanência Escolar na Pandemia”
O Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), o Interdisciplinaridade e...[leia mais]