Notícias

A+
A-

Edvaldo de Souza foi multado em R$ 10 mil pela aquisição, de forma irrazoável, de diversos materiais nos meses de novembro e dezembro de 2012.

28 de maio de 2014

O ex-presidente da Câmara de Ilhéus, Edvaldo Nascimento de Souza, foi multado em R$ 10 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta quarta-feira (28/05), em razão da aquisição de diversos materiais de forma irrazoável, imoderada e sem os respectivos procedimentos licitatórios, durante os meses de novembro e dezembro de 2012. O relator do processo, conselheiro Fernando Vita, concluiu que o gestor extrapolou os limites do razoável e ainda o princípio da economicidade, essenciais à condução dos gastos públicos.

As irregularidades estão relacionadas às despesas de R$17.332,00 para recarga de cartucho e tonner de impressoras, R$74.721.20 para a aquisição de materiais de expediente; R$39.220,00 com a locação de veículos; R$ 38.177,60 com a aquisição de materiais gráficos e mais compras de gêneros alimentícios no montante de R$ 33.562,23. O relatório aponta que os valores foram excessivos em comparação aos gastos com as mesmas aquisições entre os meses de janeiro a outubro de 2012.

Ainda cabe recurso da decisão.

Íntegra do voto do relator do termo de ocorrência lavrado na Câmara de Ilhéus.

 

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

25/11/2021
Nordeste apresenta índices preocupantes sobre evasão escolar
Estudo sobre a Educação durante a pandemia, evidenciou as desigualdades regionais que...[leia mais]
24/11/2021
Prefeita de Sento Sé sofre representação ao MPE
Na sessão desta quinta-feira (25/11), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
23/11/2021
Webinário analisa estudo sobre “Permanência Escolar na Pandemia”
O Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), o Interdisciplinaridade e...[leia mais]
23/11/2021
Câmara de Paulo Afonso e de outros 19 municípios têm contas aprovadas
Os conselheiros e auditores da 1ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia...[leia mais]