Notícias

A+
A-

A prefeita Benvinda de Oliveira Silva apresentou novos documentos e conseguiu reverter a decisão inicial, que opinou pela rejeição, para a aprovação com ressalvas das contas.

26 de março de 2014

Nesta quarta-feira (26/03), o Tribunal de Contas dos Municípios concedeu provimento parcial ao pedido de reconsideração das contas da Prefeitura de Gavião, da responsabilidade de Benvinda de Oliveira Silva, relativas ao exercício de 2012, que foram rejeitadas em opinativo inicial.

Em face dos novos documentos apresentados, o relator, Conselheiro Raimundo Moreira, emitiu novo voto pela aprovação com ressalvas das contas, reduzindo o valor da multa de R$ 1.500,00 para R$ 800,00 e o ressarcimento de R$ 93.914,01 para R$ 1.551,05, a serem pagos com recursos pessoais.

A gestora, no recurso, descaracterizou as seguintes irregularidades: abertura de crédito adicional especial sem o recurso correspondente; ausências de licitações e de contratos; realização de despesa com outra esfera de governo, sem a celebração de convênio; e nota fiscal com prazo de validade expirado.

Íntegra do voto do relator do pedido de reconsideração das contas da Prefeitura de Gavião.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

29/11/2021
Ex-prefeito de Mairi sofre representação ao MPE
Na sessão desta terça-feira (30/11), realizada por meio eletrônico, os conselheiros do...[leia mais]
25/11/2021
Nordeste apresenta índices preocupantes sobre evasão escolar
Estudo sobre a Educação durante a pandemia, evidenciou as desigualdades regionais que...[leia mais]
24/11/2021
Prefeita de Sento Sé sofre representação ao MPE
Na sessão desta quinta-feira (25/11), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
23/11/2021
Webinário analisa estudo sobre “Permanência Escolar na Pandemia”
O Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), o Interdisciplinaridade e...[leia mais]