Notícias

A+
A-

Mais quatro câmaras têm contas aprovadas

19 de maio de 2021

Os conselheiros e auditores da 2ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios aprovaram, com ressalvas, as contas das câmaras de vereadores de Barro Preto, Ibirataia, Itamari e Tanhaçu, da responsabilidade de Allain Rocha, Chafick Neto, Josafá Santana e Valdívio Aguiar Filho, respectivamente. Todas as contas são referentes ao exercício de 2019. As decisões foram proferidas na sessão realizada nesta quarta-feira (19/05), por meio eletrônico.

Os vereadores foram penalizados com multas que variam de R$1 mil a R$1,5 mil, em razão das ressalvas apontadas nos relatórios técnicos por causa de irregularidades e erros formais. Já o presidente da Câmara de Barro Preto, Allain Rocha, também terá que devolver aos cofres municipais a quantia de R$9 mil, com recursos pessoais, pela não comprovação da execução de serviços de consultoria jurídica.

A 2ª Câmara do TCM, que realizou o julgamento destas contas, é presidida pelo conselheiro Paolo Marconi e composta pelos conselheiros Fernando Vita, Raimundo Moreira, e pelos auditores Antônio Carlos da Silva, Antônio Emanuel de Souza e Cláudio Ventin.

Cabe recurso das decisões.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

14/10/2021
4º Encontro Técnico de Governança e TI reúne autoridades de todo o Brasil
Com o propósito de debater e compartilhar boas práticas e soluções de tecnologia aplicadas...[leia mais]
13/10/2021
Palestra no TCM marca Dia Internacional do Idoso
Em atenção às comemorações ao Dia Internacional do Idoso, celebrado no último dia 1º de...[leia mais]
13/10/2021
Webinário discute “Gestão de Pessoas e Educação Continuada nas Organizações Públicas”
A Escola de Contas do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, em parceria com o Conselho...[leia mais]
13/10/2021
Liminar suspende licitação em Porto Seguro
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia ratificaram, na sessão desta...[leia mais]