Notícias

A+
A-

Gestor de Palmeiras achou que o Legislativo não tinha condições de estabelecer número de professores nem o salário que o coordenador deveria receber.

23 de abril de 2009














Em sessão
realizada nesta quinta-feira (23/04), o Tribunal de Contas dos
Municípios julgou procedente a denúncia contra o
prefeito de Palmeiras, Marcos Venícios Santos, pela
adulteração de duas leis municipais em 2005 e 2007,
aprovadas pelo Legislativo.


Ilegalmente,
o gestor teria alterado os textos especificamente no que concerne ao
salário estabelecido para o cargo de Coordenador Pedagógico,
Nível III, do valor de R$ 660,00 para o de R$ 400,00, bem como
a quantidade de vagas para o cargo de professor, em contratação
temporária, acrescentados sete aos originalmente três
aprovados pela Câmara de Vereadores.


O
prefeito, em sua defesa, afirmou que não caberia ao Poder
Legislativo “estabelecer a quantidade de professores que o
município necessitará para suprir suas deficiências
imediatas”.


O
relator determinou formulação de representação
ao Ministério Público e multa no valor de R$ 5.000,00.


Íntegra
do voto
do relator sobre a denúncia contra o prefeito de
Palmeiras.






Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

05/12/2021
TCM promove IV Encontro Técnico de Controle Externo
Auditores estaduais e demais profissionais que compõem o corpo técnico do Tribunal de Contas dos...[leia mais]
05/12/2021
Auditora do TCM participa de live sobre o “novo Fundeb”
A auditora de controle externo do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, Karina Menezes...[leia mais]
05/12/2021
Diretoria do TCM divulga estudo sobre “critérios de julgamento” nas licitações
A Diretoria de Assistência aos Municípios – DAM, do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
02/12/2021
TCM promove sorteio prévio para processos referentes a 2022
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia realizou, na sessão dessa quinta-feira (02/12), o...[leia mais]