Notícias

A+
A-

O gestor Alan Santos gastou mais de R$ 700 mil nas festividades, mas não aplicou o mínimo exigido em Educação e na remuneração dos professores.

11 de março de 2015

O prefeito de Brejões, Alan Andrade Santos, foi multado em R$ 3 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta quarta-feira (11/02), em razão dos gastos irrazoáveis com a realização das festas de São João, São Pedro e aniversário da cidade em 2012, que alcançaram o montante de R$ 776.900,00. O relator do parecer, conselheiro Paolo Marconi, considerou que o gestor não conseguiu comprovar os ganhos concretos do município com as festas, como o aumento de arrecadação tributária, de modo a justificar o dispêndio.

Além disso, no exercício, o prefeito teve suas contas rejeitadas por ter deixado de aplicar o mínimo constitucional em Educação (25%), destinando apenas 20,95% da receita dos impostos, e o mínimo legal em remuneração de professores (60%), quando só aplicou 51,2% dos recursos originários do Fundeb, demonstrando uma má conduta na aplicação dos recursos públicos.

Cabe recurso da decisão.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

01/12/2021
TCM amplia participação nas redes sociais
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia ampliou a sua presença nas redes sociais e desde...[leia mais]
01/12/2021
Auditor do TCM participa de evento sobre obras públicas
O auditor estadual de Infraestrutura, Bartolomeu Lordelo, representou o Tribunal de Contas dos...[leia mais]
01/12/2021
Ex-prefeito de Ribeiro do Pombal sofre representação ao MPE
Na sessão desta quinta-feira (02/12), realizada por meio eletrônico, os conselheiros do...[leia mais]
01/12/2021
Conselheiros do TCM acatam recurso e aprovam contas de Anguera
Na sessão desta quinta-feira (02/12), realizada por meio eletrônico, os conselheiros do Tribunal...[leia mais]