Notícias

A+
A-

Orlando Xavier cometeu cometeu irregularidades com pagamento em débito automático e por valor elevado.

5 de julho de 2011













O Tribunal de Contas dos
Municípios, na sessão desta terça-feira (05/07)
julgou procedente o termo de ocorrência contra o prefeito de
Casa Nova
, Orlando Nunes Xavier, em face de várias
irregularidades como pagamento a credor mediante débito
automático em conta corrente e dispêndio de valor de
contrato bastante elevado para desempenho de serviço público
municipal, no exercício de 2009.



A relatoria aplicou
multa de R$ 4 mil e ressarcimento ao erário com recursos
próprios no montante de R$ 1.350. Cabe recurso.



Em sua defesa, o gestor
esclareceu apenas parte das irregularidades, ficando pendentes a
comprovação de recibos de pagamentos à Embasa,
Coelba e UPB.



Íntegra
do voto
do
relator do termo de ocorrência lavrado na prefeitura de Casa
Nova.







Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

30/11/2021
Aprovadas contas de mais 21 câmaras; as de Iramaia são rejeitadas
Na sessão desta quarta-feira (01/12), realizada por meio eletrônico, os conselheiros da 1ª...[leia mais]
30/11/2021
Novos auditores tomam posse no TCM
Quatro novos auditores estaduais de controle externo tomaram posse no Tribunal de Contas dos...[leia mais]
30/11/2021
Conselheiros da 2ª Câmara aprovam contas de mais 18 câmaras
Os conselheiros da 2ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia aprovaram as contas...[leia mais]
29/11/2021
Ex-prefeito de Mairi sofre representação ao MPE
Na sessão desta terça-feira (30/11), realizada por meio eletrônico, os conselheiros do...[leia mais]