Notícias

A+
A-

Rui Dourado Araújo terá que devolver quase R$ 70 mil por pagamento irregular de atrações musicais e recebeu multa de R$ 5 mil.

10 de julho de 2014

Rui Dourado Araújo, prefeito de João Dourado, foi multado pelos conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quarta-feira (10/07), em função da contratação irregular de atrações musicais, visando os festejos da VIII Festa da Cebola, do ano de 2012.

O conselheiro relator, José Alfredo Dias, solicitou a formulação de representação ao Ministério Público contra o gestor, determinou a devolução com recursos próprios aos cofres municipais da quantia de R$ 67.500,00 e aplicou multa de R$ 5 mil. A relatoria pediu ainda o cancelamento do empenho e anulação do processo. Cabe recurso da decisão.

O gestor contratou a Empresa Galvão e Dourado LTDA. sem licitação, e pagou antecipadamente R$ 67.500,00, e no intervalo de quatro dias, assinou também o decreto de emergência por causa da seca, cancelando, por consequência, a festa da cebola no município. Acontece que, mesmo sem o festejo, o prefeito não solicitou a devolução do dinheiro à Galvão e Dourado LTDA, estabelecendo que o mesmo ficasse como crédito para eventos futuros. Ou seja, o prefeito fez uma espécie de empréstimo à empresa sem prazo para pagamento, o que além de ferir o bom senso, agride o art. 62 da Lei n.º 4.320/64.

O conselheiro lembrou que, através da Ordem de Serviço de n.º 014/12, atualizada pela de n.º 04/13, o TCM já advertira os administradores municipais, acerca da necessidade de moderação nos gastos com festividades em municípios afetados pela seca, inclusive, sob pena de responsabilização do gestores.

Íntegra do voto do relator da denúncia contra a Prefeitura de João Dourado.

 

 

 

 

 

 

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

25/11/2021
Nordeste apresenta índices preocupantes sobre evasão escolar
Estudo sobre a Educação durante a pandemia, evidenciou as desigualdades regionais que...[leia mais]
24/11/2021
Prefeita de Sento Sé sofre representação ao MPE
Na sessão desta quinta-feira (25/11), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
23/11/2021
Webinário analisa estudo sobre “Permanência Escolar na Pandemia”
O Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), o Interdisciplinaridade e...[leia mais]
23/11/2021
Câmara de Paulo Afonso e de outros 19 municípios têm contas aprovadas
Os conselheiros e auditores da 1ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia...[leia mais]