Notícias Canto do título

A+
A-

Prefeito de Mucuri é multado por gastos irrazoáveis com festas de verão

29 de julho de 2015

O prefeito de Mucuri, Paulo Alexandre Matos Griffo, foi multado em R$ 10 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios, na tarde desta quarta-feira (29/07), por irregularidades em dois pregões presenciais, no total de R$ 1.414.700,00, tendo como objeto a organização da infraestrutura e apresentação de bandas nas festas do verão de 2013. Além da irrazoabilidade dos gastos, os procedimentos licitatórios não foram instruídos com a estimativa do impacto orçamentário-financeiro das despesas, justificativas dos preços pagos, designação do agente público responsável pela fiscalização dos contratos e comprovação da regularidade trabalhista (FGTS) e previdenciária das empresas durante a execução contratual.
O relator do processo, conselheiro Paolo Marconi, aplicou multa de R$ 10 mil ao prefeito, pois considerou que o gestor não comprovou os alegados ganhos obtidos pelo município que teriam derivado da realização dos festejos. Concluiu afirmando que o dispêndio de R$ 1.414.700,00 com festas foge dos padrões normais de aceitabilidade e, por isso, deve ser considerado excessivo. Não é a primeira vez que o prefeito realiza gastos com festas de verão considerados irrazoáveis por este tribunal. Em 2009, gastou R$ 1.135.586,41, em 2010, R$ 1.492.913,50, em 2012, R$ 2.084.500,00.
Cabe recurso da decisão.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

03/07/2022
TCM promove capacitação sobre nova Lei de Licitações e Contratos
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, através da sua Escola de Contas, vai promover, a...[leia maisTCM promove capacitação sobre nova Lei de Licitações e...]
29/06/2022
Contas de 2020 de Camaçari são aprovadas
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios emitiram parecer no qual recomendam à...[leia maisContas de 2020 de Camaçari são...]
29/06/2022
Contas das Prefeituras de Angical e Cansanção são rejeitadas
Na sessão desta quinta-feira (30/06), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios...[leia maisContas das Prefeituras de Angical e Cansanção são...]