Notícias

A+
A-

O prefeito Hildefonso dos Santos teve suas contas reprovadas mais uma vez, sendo multado em R$ 2.500,00.

26 de novembro de 2014

O prefeito de Pé de Serra, Hildefonso Vitório dos Santos, teve suas contas relativas ao exercício de 2013 rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quarta-feira (26/11), em razão da não aplicação do percentual mínimo exigido na área da educação. A relatoria multou o gestor em R$ 2.500,00 e imputou o ressarcimento de R$ 39.542,28 aos cofres municipais pela execução de despesas sem comprovação.

A administração investiu na manutenção e desenvolvimento do ensino a quantia de R$ 8.022.494,87, correspondendo ao percentual de 24,41%, descumprindo a norma constitucional que exige o mínimo de 25% e comprometendo o mérito das contas.

O TCM já havia emitido parecer pela rejeição das contas de 2012, da responsabilidade do mesmo gestor.

Cabe recurso da decisão.

 

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

05/12/2021
TCM promove IV Encontro Técnico de Controle Externo
Auditores estaduais e demais profissionais que compõem o corpo técnico do Tribunal de Contas dos...[leia mais]
05/12/2021
Auditora do TCM participa de live sobre o “novo Fundeb”
A auditora de controle externo do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, Karina Menezes...[leia mais]
05/12/2021
Diretoria do TCM divulga estudo sobre “critérios de julgamento” nas licitações
A Diretoria de Assistência aos Municípios – DAM, do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
02/12/2021
TCM promove sorteio prévio para processos referentes a 2022
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia realizou, na sessão dessa quinta-feira (02/12), o...[leia mais]