Notícias

A+
A-

Prefeito de Potiraguá tem contas aprovadas com ressalvas

23 de maio de 2019

Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quinta-feira (23/05), concederam provimento ao pedido de reconsideração formulado pelo prefeito de Potiraguá, Jorge Porto Cheles, e reformaram decisão anterior de rejeição para aprovação com ressalvas das contas relativas ao exercício de 2017. O conselheiro Mário Negromonte, relator do parecer, determinou a redução da multa imputada no voto original, no valor de R$8 mil, para R$5 mil.

No recurso, o prefeito apresentou documentos que comprovaram o cumprimento das obrigações constitucionais. No voto original, no que diz respeito a aplicação dos recursos originários do Fundeb, foi constatado um investimento de 34,09% da receita resultante de impostos e transferências, quando o mínimo exigido é de 60%. Todavia, durante o recurso, o gestor comprovou a aplicação de R$9.601.698,87, atingindo a porcentagem de 66,18%.

Em relação a manutenção e desenvolvimento do ensino, no voto original foi constatado o investimento de 17,9% da receita, quando o mínimo exigido é de 25%. Entretanto, o gestor também conseguiu comprovar a aplicação de R$2.192.504,25, atingindo a porcentagem de 27,17%.

Cabe recurso da decisão.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

20/09/2021
Contas de 2019 da Prefeitura de Jitaúna são aprovadas
Na sessão desta terça-feira (21/09), realizada por meio eletrônico, os conselheiros do...[leia mais]
15/09/2021
Contas de 2019 de Salinas da Margarida são aprovadas
Na sessão desta quinta-feira (16/09), realizada por meio eletrônico, os conselheiros do...[leia mais]
15/09/2021
Ex-prefeita de Itiúba tem contas aprovadas
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia acataram, na sessão desta...[leia mais]
15/09/2021
Conselheiros acatam recurso e aprovam contas de Cachoeira
Na sessão desta quinta-feira (16/09), realizada por meio eletrônico, os conselheiros do Tribunal...[leia mais]