Notícias

A+
A-

Prefeito de Riacho de Santana é punido pelo TCM

30 de setembro de 2020

O Tribunal de Contas dos Municípios julgou procedente termo de ocorrência lavrado contra o prefeito de Riacho de Santana, Alan Antônio Vieira, em razão do pagamento indevido de multas e juros por atraso no cumprimento de obrigações junto à Previdência Social no exercício de 2019. O relator do processo, conselheiro Francisco Netto, determinou o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$19.765,04, com recursos pessoais. O prefeito ainda foi multado em R$2 mil.

Na decisão, proferida na sessão desta quarta-feira (30/09), realizada por meio eletrônico, também foi determinada a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o gestor para que seja apurada a prática de ato de improbidade administrativa em razão dos danos causados ao erário.

Segundo o termo de ocorrência, a Receita Federal promoveu descontos nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios – FPM, perfazendo o montante de R$19.765,04, em razão de encargos pelo pagamento intempestivo de contribuições previdenciárias correntes, durante o exercício de 2019, a título de juros e multas. Os descontos ocorreram nos meses de janeiro, março e abril.

Cabe recurso da decisão.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

14/10/2021
4º Encontro Técnico de Governança e TI reúne autoridades de todo o Brasil
Com o propósito de debater e compartilhar boas práticas e soluções de tecnologia aplicadas...[leia mais]
13/10/2021
Palestra no TCM marca Dia Internacional do Idoso
Em atenção às comemorações ao Dia Internacional do Idoso, celebrado no último dia 1º de...[leia mais]
13/10/2021
Webinário discute “Gestão de Pessoas e Educação Continuada nas Organizações Públicas”
A Escola de Contas do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, em parceria com o Conselho...[leia mais]
13/10/2021
Liminar suspende licitação em Porto Seguro
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia ratificaram, na sessão desta...[leia mais]