Notícias

A+
A-

Edivaldo Martins foi multado em R$ 1.200,00 pela contratação sem licitação do Instituto de Desenvolvimento Municipal.

30 de abril de 2014

O Pleno do Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quarta-feira (30/04), julgou procedente termo de ocorrência lavrado contra o prefeito de Senhor do Bonfim, Edivaldo Martins Correia, por ter contratado, sem licitação, o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Municipal – IBDM, pelo valor global de R$ 22.950,00. O contrato tinha como finalidade a locação de sistemas de informática para o exercício financeiro de 2013. O conselheiro relator, Plínio Carneiro Filho, aplicou multa de R$ 1.200 ao gestor, além de determinar a regularização imediata da situação. Edivaldo Martins foi chamado para prestar seus esclarecimentos, mas não se manifestou, admitindo desta forma, as irregularidades relacionadas no termo de ocorrência.

 

Íntegra do voto do termo de ocorrência contra a Prefeitura de Senhor do Bonfim-BA. (o voto estará disponível após conferência.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

05/12/2021
TCM promove IV Encontro Técnico de Controle Externo
Auditores estaduais e demais profissionais que compõem o corpo técnico do Tribunal de Contas dos...[leia mais]
05/12/2021
Auditora do TCM participa de live sobre o “novo Fundeb”
A auditora de controle externo do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, Karina Menezes...[leia mais]
05/12/2021
Diretoria do TCM divulga estudo sobre “critérios de julgamento” nas licitações
A Diretoria de Assistência aos Municípios – DAM, do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
02/12/2021
TCM promove sorteio prévio para processos referentes a 2022
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia realizou, na sessão dessa quinta-feira (02/12), o...[leia mais]