Notícias

A+
A-

Prefeito de Teolândia tem contas aprovadas com ressalvas

15 de março de 2018

O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quinta-feira (15/03), acatou o pedido de reconsideração formulado pelo prefeito de Teolândia, Lázaro Andrade de Oliveira, e emitiu novo parecer, desta vez pela aprovação com ressalvas das contas relativas a 2016. O relator, conselheiro José Alfredo Rocha Dias, reduziu a multa aplicada para R$3 mil e o ressarcimento aos cofres municipais, com recursos pessoais, para R$2.140,00, em razão da ausência de notas fiscais.

No recurso, o gestor apresentou nova documentação que permitiu a exclusão da quantia de R$4.155.933,46 do cálculo referente ao exigido pelo artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal, em razão de parcelamento de dívida junto ao INSS. Assim, os recursos deixados em caixa foram suficientes para cobrir as despesas com restos a pagar, caracterizando o cumprimento da norma da LRF. Sanada essa irregularidade, a relatoria proferiu nova decisão pela aprovação das contas. Também foram apresentadas notas fiscais no montante de R$5.640,00, o que permitiu a redução no valor do ressarcimento.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

23/09/2021
Diretoria do TCM orienta sobre “Estudo Técnico Preliminar” para contratações
Com o intuito de abordar – de maneira prática e descomplicada – os principais pontos da nova...[leia mais]
22/09/2021
Conselheiro Nelson Pellegrino relata primeiros processos no Pleno do TCM
O conselheiro Nelson Pellegrino participou nesta quinta-feira (23/09) da primeira sessão do...[leia mais]
22/09/2021
Conselheiro Mário Negromonte vai presidir a 2ª Câmara do TCM
O conselheiro Mário Negromonte foi eleito para presidir a 2ª Câmara do Tribunal de Contas dos...[leia mais]
22/09/2021
Auditoria aponta falhas na distribuição de medicamentos em Porto Seguro
A auditoria realizada por técnicos do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia apontou...[leia mais]