Notícias

A+
A-

Na reconsideração, Guilherme de Andrade descaracterizou a principal causa da rejeição inicial das contas.

22 de maio de 2014

 

O Tribunal de Contas dos Municípios deu provimento ao pedido de reconsideração relativo às contas do prefeito de Vitória da Conquista, Guilherme Menezes de Andrade, exercício de 2012, emitindo decisão pela aprovação com ressalvas e reduzindo a multa aplicada de R$ 5 mil para R$ 3 mil.

As contas haviam sido reprovadas, principalmente, em função da abertura de créditos adicionais suplementares sem a existência dos recursos correspondentes. No recurso, o gestor comprovou que atuou de forma regular, pois cumpriu todas etapas necessárias para contratação das operações de crédito e abertura dos créditos suplementares, não podendo lhe ser imputada a responsabilidade pelo atraso da Caixa Econômica na liberação dos recursos financeiros.

Íntegra do voto do relator do pedido de reconsideração das contas da Prefeitura de Vitória da Conquista.

 

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

06/12/2021
Contas de 2020 da Prefeitura de Canudos são rejeitadas
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia emitiram parecer, na sessão desta...[leia mais]
06/12/2021
Quatro prefeituras têm pareceres pela aprovação de contas de 2020
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, em sessão nesta terça-feira...[leia mais]
05/12/2021
TCM promove IV Encontro Técnico de Controle Externo
Auditores estaduais e demais profissionais que compõem o corpo técnico do Tribunal de Contas dos...[leia mais]
05/12/2021
Auditora do TCM participa de live sobre o “novo Fundeb”
A auditora de controle externo do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, Karina Menezes...[leia mais]