Notícias

A+
A-

Os gestores Orlando Santiago e Leandro Luís Ramos Santos foram punidos em R$ 1.500,00 e R$ 300,00 pela contratação por dispensa de licitação.

12 de maio de 2015

Os prefeitos de Santo Estevão e Igrapiúna, Orlando Santiago e Leandro Luís Ramos Santos, foram multados em R$ 1.500,00 e R$ 300,00, respectivamente, pelo Tribunal de Contas dos Municípios, nesta terça-feira (12/05), por irregularidade na contratação direta do IMAP – Instituto de Municipal de Administração Pública, mediante dispensa de licitação, no exercício de 2013.

O TCM já consolidou entendimento no sentido de considerar irregular a contratação, vez que há no mercado diversas empresas que prestam o mesmo serviço, sem contar que, é irrazoável o valor que foi pago ao instituto em comparação aos valores praticados pelos concorrentes.

Cabe recurso da decisão.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

29/11/2021
Ex-prefeito de Mairi sofre representação ao MPE
Na sessão desta terça-feira (30/11), realizada por meio eletrônico, os conselheiros do...[leia mais]
25/11/2021
Nordeste apresenta índices preocupantes sobre evasão escolar
Estudo sobre a Educação durante a pandemia, evidenciou as desigualdades regionais que...[leia mais]
24/11/2021
Prefeita de Sento Sé sofre representação ao MPE
Na sessão desta quinta-feira (25/11), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
23/11/2021
Webinário analisa estudo sobre “Permanência Escolar na Pandemia”
O Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), o Interdisciplinaridade e...[leia mais]