Notícias

A+
A-

O Tribunal acatou o pedido de reconsideração modificando o decisório de rejeição para aprovação com ressalvas.

9 de maio de 2012

















O Pleno do Tribunal de
Contas dos Municípios, na tarde desta quarta-feira (09/05),
concedeu provimento ao pedido de reconsideração
referente às contas da Prefeitura de Alcobaça, da
responsabilidade de Leonardo Coelho Brito, relativas ao exercício
de 2010.



A relatoria emitiu novo
opinativo pela aprovação com ressalvas das contas,
mantendo a multa aplicada ao gestor no montante de R$ 20 mil e a
determinação de ressarcimento aos cofres municipais da
quantia de R$14.012,13.



Durante as análises
do pedido de reconsideração, o gestor conseguiu
descaracterizar as irregularidades relacionadas à abertura de
créditos adicionais suplementares sem prévia
autorização legislativa, apresentando nova
documentação.



Comprovou também
que não procede a impropriedade relacionada à
insuficiência na aplicação dos recursos do
FUNDEB, com um acréscimo de
R$
932.578,21 ao montante total investido, alcançando o índice
de 62,95%, em cumprimento ao art. 22 da Lei Federal n.º
11.494/07.



Íntegra do voto do
pedido de reconsideração das contas da Prefeitura de
Alcobaça.











Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

29/11/2021
Ex-prefeito de Mairi sofre representação ao MPE
Na sessão desta terça-feira (30/11), realizada por meio eletrônico, os conselheiros do...[leia mais]
25/11/2021
Nordeste apresenta índices preocupantes sobre evasão escolar
Estudo sobre a Educação durante a pandemia, evidenciou as desigualdades regionais que...[leia mais]
24/11/2021
Prefeita de Sento Sé sofre representação ao MPE
Na sessão desta quinta-feira (25/11), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
23/11/2021
Webinário analisa estudo sobre “Permanência Escolar na Pandemia”
O Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), o Interdisciplinaridade e...[leia mais]