Notícias

A+
A-

Prefeitura de Araci tem contas rejeitadas

15 de dezembro de 2015

As contas do prefeito de Araci, Antônio Carvalho da Silva Neto, relativas ao exercício de 2014, foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, na tarde desta terça-feira (15/12), pela reincidência na extrapolação do percentual máximo previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal para gastos com pessoal.
O relator do parecer, conselheiro Paolo Marconi, multou o gestor em R$3 mil pelas irregularidades contidas no relatório técnico e em R$54 mil, que corresponde a 30% dos seus subsídios anuais, por não ter reduzido a despesa com pessoal. Também foi determinado o ressarcimento aos cofres municipais de R$14.203,05, sendo R$11.868,80 pela realização de despesas com publicidade sem comprovação da sua efetiva publicação e conteúdo e R$2.334,25 pelo pagamento de juros e multas por atraso no adimplemento de obrigações.
Apesar de advertido, o gestor não conseguiu reconduzir a despesa total com pessoal ao percentual de 54% da receita corrente líquida, vez que no 1º quadrimestre de 2014, os gastos alcançaram o montante de R$55.523.441,90, representando 66,90% da RCL.
Cabe recurso da decisão.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

01/08/2021
Procurador do MPC faz palestra sobre “responsabilização de agentes políticos”
O procurador do Ministério Público de Contas junto ao Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
01/08/2021
Gestores municipais debatem sobre LRF em curso de aperfeiçoamento
O curso de “Gestão e controles para o aperfeiçoamento da governança municipal”, voltado para...[leia mais]
01/08/2021
“Confraria do Controle” faz evento sobre fiscalização de obras públicas
A Associação dos Auditores de Controle Externo do TCM/Ba – AudTCM/BA, em parceria com a...[leia mais]
29/07/2021
Novos auditores do TCM finalizam parte teórica do curso de formação
Após uma semana de estudos preparatórios, os cinco novos auditores estaduais de controle...[leia mais]