Notícias

A+
A-

O gestor Paulo César Onishi não realizou processo licitatório para contratação de prestadoras de serviços de informática e foi multado em R$ 5 mil.

30 de abril de 2014

O presidente da Câmara de Porto Seguro, Paulo César Onishi, foi multado em R$ 5 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta quarta-feira (30/04), por ter contratado, sem licitação, as empresas Sudoeste Informática e Consultoria Ltda., M & S Consultoria e Assessoria em Gestão Pública Ltda. e STAF Tecnologia Ltda., prestadoras de serviços de locação de software e sistemas informatizados, no exercício de 2013.

O relator, conselheiro José Alfredo Dias, alegou que o gestor não demonstrou, em sua defesa, que os serviços prestados apresentavam como característica a singularidade, condição indispensável para que a licitação pudesse ser considerada inexigível, nem restou demonstrada a notória especialização das empresas contratadas. Assim, a comercialização dos produtos por diversas empresas de informática, com capacidade de executar os mesmos objetos contratados, inviabiliza o procedimento de inexigibilidade de licitação.

Ainda cabe recurso da decisão.

Íntegra do voto do relator do termo de ocorrência lavrado na Câmara de Porto Seguro. (O voto ficará disponível após conferência).

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

06/12/2021
Contas de 2020 da Prefeitura de Canudos são rejeitadas
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia emitiram parecer, na sessão desta...[leia mais]
06/12/2021
Quatro prefeituras têm pareceres pela aprovação de contas de 2020
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, em sessão nesta terça-feira...[leia mais]
05/12/2021
TCM promove IV Encontro Técnico de Controle Externo
Auditores estaduais e demais profissionais que compõem o corpo técnico do Tribunal de Contas dos...[leia mais]
05/12/2021
Auditora do TCM participa de live sobre o “novo Fundeb”
A auditora de controle externo do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, Karina Menezes...[leia mais]