Notícias

A+
A-

Prefeito Amário Santana não apresenta documentos suficientes para descaracterizar a irregularidade e sofre multa de R$ 2.500,00.

30 de março de 2012





O Tribunal de Contas dos Municípios

O
Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão de quinta-feira (29/03), julgou
procedente o termo de ocorrência lavrado na Prefeitura de Santa Maria da Vitória,
contra Amário dos Santos Santana, em face de irregularidades cometidas no exercício
de 2011.

A
relatoria imputou uma multa no valor de R$ 2.500,00 ao gestor, por ter
realizados despesas de R$ 50.650,00 em favor da empresa Ney Som Produções e
Eventos Ltda, para apresentação de shows artísticos musicais das bandas Furacão
da Bahia, Kastanha de Caju, Forró da Mídia e a dupla Adenaldo e Agnaldo, entre
os dias 25 e 26 de junho, nos festejos juninos do Município.

Ocorre
que essas despesas não teriam atendido às exigências de que tratam a
Constituição Federal e a Lei Federal nº 8.666/93, pois os documentos
apresentados foram insuficientes para a comprovação da exclusividade das
representações artísticas. Além disso, o gestor não conseguiu reunir provas
que essas atrações sejam consagradas pela crítica especializada ou pela opinião
pública, para representar suas contratações sem o devido processo licitatório.

O
art. 25 da Lei Federal diz que “é inexigível a licitação quando houver
inviabilidade de competição, em especial, só sendo aceitável a contratação
de profissional de qualquer setor artístico, diretamente ou através de empresário
exclusivo, desde que consagrado pela critica especializada ou pela opinião pública.”

Íntegra
do voto
do relator do termo de ocorrência lavrado na Prefeitura de Santa
Maria da Vitória.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

25/11/2021
Nordeste apresenta índices preocupantes sobre evasão escolar
Estudo sobre a Educação durante a pandemia, evidenciou as desigualdades regionais que...[leia mais]
24/11/2021
Prefeita de Sento Sé sofre representação ao MPE
Na sessão desta quinta-feira (25/11), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
23/11/2021
Webinário analisa estudo sobre “Permanência Escolar na Pandemia”
O Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), o Interdisciplinaridade e...[leia mais]
23/11/2021
Câmara de Paulo Afonso e de outros 19 municípios têm contas aprovadas
Os conselheiros e auditores da 1ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia...[leia mais]