Notícias

A+
A-

Os conselheiros Fernando Vita e Raimundo Moreira foram reconduzidos, respectivamente, para os cargos de vice e corregedor, para o período 2011/2013.

16 de fevereiro de 2011













A Mesa Diretora do Tribunal de Contas dos Municípios do
Estado da Bahia para o período 2011/2013 foi eleita em sessão plenária realizada
nesta quarta-feira,(16/02). Na mesma ocasião e para o mesmo período
foram compostas as duas câmaras e escolhidos os respectivos presidentes. As
posses deverão ocorrer no próximo dia 10 de março, quando o TCM completa 40 anos
de criação.


O conselheiro Paulo Virgílio Maracajá Pereira foi
eleito presidente com seis votos a favor e um em branco, enquanto os conselheiros Fernando Vita
(com cinco votos a favor e dois em branco) e
Raimundo Moreira (com seis a favor e um

 

em branco) foram reconduzidos aos cargos de
vice- presidente e corregedor, respectivamente.


Diplomado em direito pela Universidade Federal da
Bahia, o novo Presidente, Paulo Virgílio Maracajá Pereira, é conselheiro da
Corte de Contas há quase 17 anos, tendo sido empossado no cargo em 21/06/1994.
Em 1998 assumiu a Presidência da 2ª Câmara, exercendo a Vice-Presidência da
Instituição entre 2005 a 2009.


Reconhecidamente lhano no trato com as partes e com os
técnicos da instituição, há entre os servidores da casa expectativa positiva
quanto à nova gestão, na medida em que o novo presidente revelou que buscará
prestigiar o seu quadro funcional.


Após agradecer aos seus pares a confiança revelada com
a sua eleição, o conselheiro Paulo Maracajá solicitou o empenho de todos no
sentido de auxiliá-lo na concretização das seguintes prioridades:




  • Elevado, respeitoso e construtivo relacionamento com
    todas as autoridades públicas, com destaque para os chefes dos poderes do
    Estado, o governador Jacques Wagner, e os presidentes da Assembleia Legislativa e do Tribunal de Justiça.



  • Modernização administrativa, de maneira constante,
    agilizando as ações relacionadas ao Programa de Modernização dos Tribunais
    de Contas – PROMOEX e ao projeto Sistema Integrado de Gestão e Auditoria – SIGA. Avançar na
    implantação deste último, procurando destravar os gargalos existentes, na
    medida em que ele permitirá a obtenção e a oferta de informações em tempo
    real, bem assim atuação da Corte em menor lapso de tempo.



  • Treinamento e aperfeiçoamento permanente do corpo
    técnico da Corte. Reconhecendo que o TCM possui um quadro de pessoal
    qualificado e enxuto, é indispensável investir em capacitação, em face da nova
    realidade e seus desdobramentos, e considerada a evolução
    legislativa.



  • Intensificação das ações de orientação do TCM aos
    seus jurisdicionados, aproximando-os, ainda mais, do Tribunal, diretamente e
    através das entidades que os representam, de sorte a possibilitar maior
    celebridade no atendimento aos gestores e no acompanhamento do gestor
    público.



  • Estreitamento dos laços existentes entre o TCM e os Ministérios Públicos Federal e Estadual, com as demais
    entidades de fiscalização da aplicação dos recursos públicos, bem assim com
    aquelas que congregam profissionais com atuação no TCM, a exemplo da OAB, universidades e Faculdades, Conselho de Contabilidade, etc.


    Veja
    o currículo do presidente eleito do TCM.


Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

02/12/2021
TCM promove sorteio prévio para processos referentes a 2022
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia realizou, na sessão dessa quinta-feira (02/12), o...[leia mais]
02/12/2021
Diretor da Escola de Contas participa de evento sobre Governança Pública
O diretor adjunto da Escola de Contas do TCM, professor José Francisco de Carvalho Neto,...[leia mais]
01/12/2021
TCM amplia participação nas redes sociais
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia ampliou a sua presença nas redes sociais e desde...[leia mais]
01/12/2021
Auditor do TCM participa de evento sobre obras públicas
O auditor estadual de Infraestrutura, Bartolomeu Lordelo, representou o Tribunal de Contas dos...[leia mais]