Notícias

A+
A-

TCM julga primeiras contas enviadas por sistema eletrônico

30 de junho de 2016

O Tribunal de Contas dos Municípios julgou nesta quinta-feira (30/06) os primeiros três processos de contas que foram prestadas pelo sistema eletrônico e-TCM, ou seja, com todos os documentos apresentados em formato digital, o que dispensa, para a análise, documentos físicos – em papel -, gerando uma economia estimada em R$600 mil para os municípios apenas em impressão e postagem de processos para tramitação na corte. O conselheiro-decano da corte, José Alfredo Rocha Dias, foi o relator dos primeiros processos eletrônicos. O primeiro, das contas do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Correntina e o outro da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), que foram aprovados com ressalvas com aplicação de multas e exigência de ressarcimentos aos gestores. Um terceiro processo, do SAAE de Curaçá, teve como relator o conselheiro substituto Antônio Carlos da Silva, que votou pela rejeição das contas.
O conselheiro José Alfredo Dias, antes dos seus votos, fez questão de ressaltar a inovação tecnológica e os ganhos que irá propiciar à transparência das contas públicas o processo eletrônico, já que “possibilita ao cidadão o acompanhamento da aplicação dos recursos municipais de forma mais simples e em tempo real, o que amplia sobremaneira o atendimento das exigências contidas na denominada Lei de Acesso a Informação”. Segundo ele, a implantação do e-TCM no âmbito da corte de contas municipais é um avanço importante e revela a preocupação em dar mais segurança, transparência, agilidade e meios para um maior controle social sobre a administração municipal”.
O presidente do TCM, conselheiro Francisco de Souza Andrade Netto, fez questão de ressaltar a excelência da equipe de técnicos do tribunal que se envolveu na implantação da nova ferramenta tecnológica que viabilizou o e-TCM, e o empenho de todos no treinamento de centenas de servidores municipais nos 417 municípios baianos – ao longo dos últimos seis meses – para a utilização do sistema. Destacou ainda a capacidade técnica do diretor de Tecnologia da Informação do tribunal, Pedro Vieira, “que liderou a equipe de técnicos do TCM neste salto tecnológico importante, que vai aumentar a produtividade, a confiabilidade e transparência do tribunal no exercício de suas tarefas constitucionais”.
Todos os conselheiros se congratularam com os técnicos do setor de tecnologia pelo sucesso do e-TCM – já incorporado por todas as prefeituras, câmaras municipais e entidades descentralizadas dos municípios baianos. O presidente Francisco Andrade Netto lembrou que Pedro Vieira, que é funcionário de carreira do Ministério do Planejamento, foi o responsável pelo processo de informatização do Conselho Federal de Justiça, pela implantação do processo eletrônico do Tribunal de Justiça da Bahia e por isso foi escolhido para conduzir o processo de informatização plena do TCM, “cujo marco de conclusão podemos festejar hoje com o julgamento dos primeiros processos que tramitação de forma digital”.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

05/12/2021
TCM promove IV Encontro Técnico de Controle Externo
Auditores estaduais e demais profissionais que compõem o corpo técnico do Tribunal de Contas dos...[leia mais]
05/12/2021
Auditora do TCM participa de live sobre o “novo Fundeb”
A auditora de controle externo do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, Karina Menezes...[leia mais]
05/12/2021
Diretoria do TCM divulga estudo sobre “critérios de julgamento” nas licitações
A Diretoria de Assistência aos Municípios – DAM, do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
02/12/2021
TCM promove sorteio prévio para processos referentes a 2022
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia realizou, na sessão dessa quinta-feira (02/12), o...[leia mais]