Notícias

A+
A-

Tribunal encaminhou representação ao MP por irregularidades na contratação temporária de servidores. necessidade temporária de excepcional interesse público

6 de maio de 2011














Na
sessão de quinta-feira (05/05), o Tribunal de Contas dos
Municípios julgou procedente o termo de ocorrência
lavrado contra a Prefeitura de Licínio de
Almeida
, da
responsabilidade de Alan Lacerda Leite, por irregularidades na contratação
indevida de servidores, visando o atendimento à necessidade
temporária de excepcional interesse público sem
respaldo legal, nos exercícios de 2009 e 2010.



A
relatoria solicitou a formulação de representação
ao Ministério Público e aplicou multa no valor de R$ 5
mil ao gestor, por identificar a continuidade da contratação
temporária, mesmo após o encerramento do prazo de
vigência na Lei Municipal,
em completo desrespeito ao
estabelecido na Constituição Federal.



O prefeito teve amplo
direito de defesa, entretanto não conseguiu através das
documentações encaminhadas, descaracterizar as
irregularidades. Cabe recurso da decisão.



Íntegra do voto do
relator do termo de ocorrência lavrado contra a Prefeitura de
Licínio de Almeida. (O voto ficará disponível
após conferência).



Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

23/09/2021
Diretoria do TCM orienta sobre “Estudo Técnico Preliminar” para contratações
Com o intuito de abordar – de maneira prática e descomplicada – os principais pontos da nova...[leia mais]
22/09/2021
Conselheiro Nelson Pellegrino relata primeiros processos no Pleno do TCM
O conselheiro Nelson Pellegrino participou nesta quinta-feira (23/09) da primeira sessão do...[leia mais]
22/09/2021
Conselheiro Mário Negromonte vai presidir a 2ª Câmara do TCM
O conselheiro Mário Negromonte foi eleito para presidir a 2ª Câmara do Tribunal de Contas dos...[leia mais]
22/09/2021
Auditoria aponta falhas na distribuição de medicamentos em Porto Seguro
A auditoria realizada por técnicos do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia apontou...[leia mais]