Notícias

A+
A-

Gestor foi multado em em R$ 8 mil pela não prestação de contas da totalidade dos recursos do FIES e do Salário Educação repassados ao município no exercício de 2005.

14 de maio de 2009














Em
sessão realizada nesta quinta-feira (14/05), o Tribunal de
Contas dos Municípios julgou procedente o termo de ocorrência
contra o prefeito de Rio Real, Antônio Alves dos Santos, por
irregularidades na aplicação dos recursos do FIES –
Fundo de Investimentos Econômico e Social, CIDE –
Contribuição de Intervenção no Domínio
Econômico, e Salário Educação.


O
relator, conselheiro Raimundo Moreira, multou o prefeito em R$
8.000,00 pela

não prestação de contas da totalidade dos
recursos do FIES e do S
alário
Educação repassados ao município no exercício
de 2005.
E determinou a
reposição à conta vinculada da CIDE, com
recursos do tesouro municipal,
a
quantia de R$ 23.194,34
correspondente
àquelas despesas julgadas incompatíveis com a
finalidade prevista na legislação.


Íntegra
do voto
sobre o termo de ocorrência contra a Prefeitura de
Rio Real.






Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

22/05/2022
Estudo da DAM orienta sobre a fase competitiva da Licitação
Dando continuidade ao estudo da nova Lei de Licitações e Contratos – Lei nº 14.133/2021, a...[leia mais]
19/05/2022
Diretoria do TCM publica nova edição do boletim informativo
A Diretoria de Assistência aos Municípios do TCM publicou, nesta sexta-feira (20/05), uma nova...[leia mais]
18/05/2022
Conselheiro Raimundo Moreira se aposenta do TCM e é homenageado
O conselheiro Raimundo Moreira participou nesta quinta-feira (19/05) de sua última sessão no...[leia mais]
18/05/2022
Prefeituras de Rio de Contas e Várzea da Roça têm contas aprovadas
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios emitiram parecer prévio recomendando a...[leia mais]