Notícias

A+
A-

Gestor de Presidente Jânio Quadros põe a culpa "no sistema responsável pelo gerenciamento das contas bancárias do município".

19 de março de 2009






O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), em sessão realizada nesta quinta-feira (19/03), multou em R$ 3 mil o prefeito de Presidente Jânio Quadros, José Conegundes Vieira, em virtude da reiterada emissão de cheques sem fundos em 2008.


Em sua defesa, o gestor alegou que os 44 cheques sem suficiente provisão foram fruto de “problemas técnicos verificados à época no sistema responsável pelo gerenciamento das contas bancárias do município”.


O relator, conselheiro José Alfredo, ressaltou a reincidência do prefeito, que foi julgado anteriormente em duas ocasiões pelo TCM. E afirmou que não seria possível entender como fato isolado a emissão de tão elevado número de cheques sem fundos.


Além da multa, o gestor terá de ressarcir aos cofres públicos o montante equivalente às despesas indevidas com taxas e tarifas bancárias.


Veja a íntegra da deliberação.

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

23/05/2022
Contas de Candeias e de outros dois municípios são aprovadas
Na sessão desta terça-feira (24/05), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios...[leia mais]
23/05/2022
Contas de Monte Santo são rejeitadas
Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia rejeitaram, na sessão desta...[leia mais]
22/05/2022
Estudo da DAM orienta sobre a fase competitiva da Licitação
Dando continuidade ao estudo da nova Lei de Licitações e Contratos – Lei nº 14.133/2021, a...[leia mais]
19/05/2022
Diretoria do TCM publica nova edição do boletim informativo
A Diretoria de Assistência aos Municípios do TCM publicou, nesta sexta-feira (20/05), uma nova...[leia mais]