Notícias

A+
A-

O gestor Reinan dos Santos deve devolver mais de R$4 milhões aos cofres municipais por não ter apresentado os extratos do último mês de 2012.

10 de setembro de 2014


AS CONTAS DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DE PONTO NOVO, DA RESPONSABILIDADE DE REINAN GOMES DOS SANTOS, RELATIVAS AO EXERCÍCIO DE 2012, FORAM REJEITADAS PELO TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS COM APLICAÇÃO DE MULTA NO VALOR DE R$3 MIL AO GESTOR E RESSARCIMENTO AOS COFRES MUNICIPAIS NO MONTANTE DE R$4.181.046,61, COM RECURSOS PESSOAIS, REFERENTE A AUSÊNCIA DOS EXTRATOS DO MÊS DE DEZEMBRO.



O PARECER RELATADO PELO CONSELHEIRO MÁRIO NEGROMONTE ADVERTIU A ADMINISTRAÇÃO QUE AO ELABORAR AS PRÓXIMAS PEÇAS CONTÁBEIS TENHA UM MAIOR ZELO NO QUE DIZ RESPEITO À ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL, A FIM DE GARANTIR MAIOR GRAU DE SEGURANÇA NA SITUAÇÃO PATRIMONIAL AO FINAL DO EXERCÍCIO, SOB PENA DE REPERCUTIR NO MÉRITO DAS CONTAS DO EXERCÍCIO SEGUINTE.



CABE RECURSO DA DECISÃO.



ÍNTEGRA DO VOTO DO RELATOR DAS CONTAS DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DE PONTO NOVO. 

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

25/11/2021
Nordeste apresenta índices preocupantes sobre evasão escolar
Estudo sobre a Educação durante a pandemia, evidenciou as desigualdades regionais que...[leia mais]
24/11/2021
Prefeita de Sento Sé sofre representação ao MPE
Na sessão desta quinta-feira (25/11), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
23/11/2021
Webinário analisa estudo sobre “Permanência Escolar na Pandemia”
O Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), o Interdisciplinaridade e...[leia mais]
23/11/2021
Câmara de Paulo Afonso e de outros 19 municípios têm contas aprovadas
Os conselheiros e auditores da 1ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia...[leia mais]