Notícias

A+
A-

Vailton Leite Souza recorreu e teve as contas de 2008 aprovadas com ressalvas, mas terá de ressarcir R$ 22 mil aos cofres municipais, por pagar a mais aos vereadores.

13 de maio de 2010













Nesta quinta-feira (13/05), o Tribunal de Contas dos
Municípios concedeu provimento ao pedido de reconsideração referente às contas
do presidente da Câmara de Andorinha, Vailton Leite Souza, relativas ao exercício de
2008, que agora foram aprovadas com ressalvas.


A relatoria manteve, porém, a
determinação de ressarcimento da quantia de R$ 22.148,08, em razão
do pagamento a maior da remuneração dos
vereadores
.


O gestor, em sua
defesa, comprovou o cumprimento do artigo 29-A da Carta Federal, principal
motivo da rejeição inicial das contas, uma vez que a despesa do Legislativo, incluídos
os subsídios dos vereadores e excluídos os gastos com inativos, resultou no
montante de R$ 750.699,68.

 


Este valor já inclui a quantia de R$ 23.363,14
referente a despesas pagas diretamente pelo Executivo e que havia sido
contabilizado em duplicidade.


Íntegra do voto do
relator
do pedido de reconsideração das contas da Câmara de Andorinha. (O voto ficará disponível no portal
após a conferência).

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

25/11/2021
Nordeste apresenta índices preocupantes sobre evasão escolar
Estudo sobre a Educação durante a pandemia, evidenciou as desigualdades regionais que...[leia mais]
24/11/2021
Prefeita de Sento Sé sofre representação ao MPE
Na sessão desta quinta-feira (25/11), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da...[leia mais]
23/11/2021
Webinário analisa estudo sobre “Permanência Escolar na Pandemia”
O Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), o Interdisciplinaridade e...[leia mais]
23/11/2021
Câmara de Paulo Afonso e de outros 19 municípios têm contas aprovadas
Os conselheiros e auditores da 1ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia...[leia mais]