Notícias

A+
A-

Presidente da Câmara, Florisvaldo da Silva Nunes, foi multado por pagar a si mesmo e a outros vereadores diárias no valor de cerca de R$ 40 mil em 2009.

8 de julho de 2010













Nesta quinta-feira (08/07), o Tribunal de Contas dos
Municípios multou em R$ 2 mil o presidente da Câmara de Itapebi, Florisvaldo da Silva Nunes, por gastos
excessivos com diárias, sem comprovação, e pagamento indevido de hospedagens de vereadores
em hotel, durante o exercício de 2009.


As
diárias foram fixadas aos agentes políticos municipais, incluído o prefeito, com os valores de
R$ 370 (interior do Estado), R$ 650 (Salvador), R$ 800 (outros estados) e R$1 mil
(Brasília), superiores as do governador do Estado, que em deslocamentos ao
Distrito Federal recebe cerca de R$ 400.


De forma semelhante ao termo
de ocorrência do
município de Mucuri, julgado na mesma sessão, o presidente da câmara efetuou
uso irregular das diárias, inclusive em benefício próprio.


No decorrer do exercício financeiro
de 2009, os gastos totalizaram R$ 39.260, sendo que so
mente ao gestor foram pagas diárias no montante de R$
21.350.


Cabe
recurso da decisão.


Íntegra
do voto do relator.
(O voto ficará disponível no portal após a conferência).


 

 

Smart News

Acompanhe a Gestão do Seu Município

Agenda

Confira a agenda do Tribunal para cada município. Clique na data destacada.

Últimas Decisões do Pleno


Mais Notícias

02/12/2021
TCM promove sorteio prévio para processos referentes a 2022
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia realizou, na sessão dessa quinta-feira (02/12), o...[leia mais]
02/12/2021
Diretor da Escola de Contas participa de evento sobre Governança Pública
O diretor adjunto da Escola de Contas do TCM, professor José Francisco de Carvalho Neto,...[leia mais]
01/12/2021
TCM amplia participação nas redes sociais
O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia ampliou a sua presença nas redes sociais e desde...[leia mais]
01/12/2021
Auditor do TCM participa de evento sobre obras públicas
O auditor estadual de Infraestrutura, Bartolomeu Lordelo, representou o Tribunal de Contas dos...[leia mais]